domingo, 10 de abril de 2011

Alguém explica a saudade?

Não gosto de sentir saudade.... #prontofalei

Por que é um sentimento que não me leva a lugar nenhum, pelo contrário, é um sentimento que me para.

Me deixa parada pensando no que foi, desejando o que já foi....

Sinto saudade de muita coisa...

De quando eu era pequena e brincava de comidinha no quintal com uma panelinha torta e pedacinhos de jiló.

De acordar de madrugada com um love antigo, para comer misto quente com refrigerante, e de repente a família inteira dele estar na cozinha rindo demais.

De quando eu não tinha responsabilidade de quase nada e minha maior preocupação é se ia ter sol de manhã para poder passar meu domingo inteiro perambulando pelo Ipanema... :P

Dos meus domingos à tarde no Flerte regados a caipirinha de morango e pagode.

De vários pãozinhos com Nutella que fiz para outro love que passou....

De quando eu me trocava correndo no estoque da Bunny's com a minha amiga Ju e caía na balada: na Zoom!!!

De quando eu fazia caminhada com a minha tia Tude e a gente conversava tanto, mas tanto que ficava sem fôlego de tanto dar risada, e a caminhada mesmo não rendia nada...

De todos os meus comecinho de namoro... TODOS! Sem exceção...

De quando eu ficava a tarde toda jogando Alex Kidd.

Tem coisas que só a saudade explica.

4 comentários:

Fernanda Marchioretto disse...

Também ainda não consegui sentir saudade boa, em mim todo tipo de saudade dói. Muito.
Mas uma coisa que consola é que a gente sente saudade de vida vivida, ao menos nós vivemos, não deixamos a vida passar. Ao menos temos do que sentir saudades, nem que seja pra chorar em baixo do chuveiro de vez em quando, pra aliviar a dor. A saudade significa experiência, o quanto já passamos por coisas boas. E o quanto ainda vamos passar, porque uma dor mais que certa nessa vida é a dor da saudade do que ainda nem vivemos, ou talvez ainda nunca iremos viver...

Andressa disse...

E vc D. Fer?

Sempre sábia né?!?
Nooossa....

Brigada pelo carinho, sempre!

Carolina disse...

Dessa... até tu tah assim hj... Vou batizar o dia 10/04 como o dia da saudade. Eu tb não consigo, assim como sua amiga linda e sábia Fer, sentir saudade e ficar feliz. Por mais q eu sinta saudade da infância, da amarelinha, do elástico, das panelinhas e das bonecas, sempre dói por saber q ñ vai mais voltar. Saudade de pessoas então, meu Deus como dói, especialmente aquelas que estão juntinho d papai do céu. E por fim, e não menos importante, saudade de love(como você diz). Essa sem dúvida é a que mais dói, dói quando lembramos dos momentos felizes, que se foram e acabaram, e dói ainda mais por saber q dedicamos tanto mas parece q para eles nunca NUNCA MESMO é suficiente(melhor para nós neh amoga?). Beijos. Saudades d vc(saudade boa essa hahahaha). Te adoro.

Cris Paulino disse...

Se sentimos saudades é porque um dia foi bom. Ninguém sente saudade do que foi ruim. Então abraçamos os momentos bons antigos em lembranças no nosso presente, remoendo em dúvidas sobre o motivo de não estarmos vivendo que foi bom. Mas a saudade só entra em espaços vazios, quando não estamos vivendo algo bom e novo, a saudade instala. Então, se a sentir saudade não é tão bom, é sinal que devemos inovar e inventar coisas!
Beijos